Construindo a base de uma dieta

Base de uma dieta
Fala galera, beleza?
Pode parecer bater na mesma tecla para alguns para não dizer “para a maioria”, mas ainda tenho visto que o problema de muitos quando iniciam uma dieta ou reeducação alimentar é não saber o que comer. A quantidade absurda de pessoas adeptas a cream cracker fit, cookies integrais, shakes diet, dentre outros, só têm aumentado e as reclamações por resultados medíocres também, isto é, quando existem resultados.

Não que você não possa comer essas coisas, não deveriam, mas podem mas vejo que muitos estão esquecendo do básico; o principal: a base da dieta. Trocar um pão francês por um integral ou leite integral por desnatado pode ser de grande ajuda, mas uma dieta, ou melhor, uma reeducação alimentar não pode e nem deve ser baseada nisso.

Ainda hoje recebo perguntas de pessoas sobre quais alimentos são ricos em proteína, carboidratos, gorduras boas. Então fiz essa postagem rápida para listar os alimentos básicos em uma dieta.
Lembrando: para perda ou ganho de peso, os alimentos são basicamente os mesmos. O que vai dizer se você vai ganhar ou perder, são as quantidades e não quais os alimentos. Deixo abaixo para vocês uma explicação bem superficial, prática e nada científica sobre os macronutrientes (proteínas, gorduras e carboidratos) com alguns exemplos de suas fontes, de modo a auxiliar na base de sua dieta.

Hoje a enrolação foi grande, então, vamos logo ao que interessa!

Proteínas – Comumente derivadas de carne animal, são cadeias de aminoácidos que, dentre outras, tem a função de ser a matéria prima da construção muscular. Consumir 2 gramas de proteína por kg corporal pode ser útil tanto para ganho de massa magra como perda de gordura e manter a massa magra.

Proteínas

Fontes de proteína:
– Peito de frango (sem pele)
– Carne vermelha magra (Ex: Alcatra e Patinho)
– Carne de porco magra (Novos estudos indicam que esta tem uma qualidade tão boa quanto a carne de frango)
– Clara de ovos
– Peixes

 

CarboidratosBasicamente o combustível para o corpo. Normalmente de origem vegetal e é nossa fonte primaria de energia. Porém se consumido em excesso, o nosso corpo tende a acumular as mesmas em forma de gordura. Aquela reserva que queremos dar fim e nunca conseguimos. Consuma-os com moderação.

Carboidratos

Fontes de carboidratos complexos (Baixo índice glicêmico):
– Batata doce
– Aveia
– Aipim
– Inhame
– Arroz integral
– Pão integral (sem farinha enriquecida com ferro e ácido fólico nos ingredientes)

Fontes de carboidratos ricos em fibra:
– Espinafres
– Brócolis
– Alface
– Couve-flor
– Couve

 

Gorduras boasTrazem saciedade por retardar o processo de digestão dos alimentos, participam do transporte de vitaminas liposolúveis (A, D, E e K),  ótima fonte de energia e são a base da produção hormonal da nossa amada testosterona. O colesterol bom contido em algumas dessas fontes também é um ótimo aliado na saúde cardiovascular.

Gorduras boas

Fontes de gorduras boas
– Amendoim
– Castanhas
– Nozes
– Azeite extra virgem CRU
– Peixe (ômega 3)
– Gema do ovo
– Linhaça
– Abacate

Com os alimentos citados acima, você não tem mais desculpas de não saber por onde começar. Pessoalmente eu acrescentaria um multivitamínico-mineral em qualquer dieta para não ter que me preocupar com os micronutrientes, mas isto é só uma opção.
Espero que tenham gostado do post. Deixem suas criticas, dúvidas e sugestões nos comentários e até o próximo post!